Idade é um fator de risco para a estenose aórtica

Imprimir
A Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC) vai realizar em maio um conjunto de aulas abertas nas universidades seniores portuguesas para aumentar a consciencialização para a estenose aórtica, uma doença que afeta maioritariamente pessoas acima dos 70 anos. Esta iniciativa insere-se na campanha “Corações de Amanhã”, que conta com o Alto Patrocínio da Presidência da República.

“A realização desta ação nacional vai ao encontro da necessidade de contatarmos diretamente com os grupos de pessoas com maior risco de ter estenose aórtica, no sentido de os informar para os principais sintomas e os sensibilizar para a importância de um diagnóstico e tratamento precoce”, explica João Brum Silveira, presidente da APIC.

A estenose aórtica é uma doença que se carateriza pelo estreitamento da válvula aórtica, impedindo o correto fluxo sanguíneo para fora do coração. Frequentemente os sintomas desta doença (cansaço, dor no peito e desmaios) são desvalorizados pelas famílias portuguesas e o diagnóstico acaba por ser adiado, o que pode até ser fatal. A deteção atempada da estenose aórtica reduz as admissões hospitalares e representa tempo e qualidade de vida ganhos.

Agenda das aulas abertas da campanha “Corações de Amanhã”

  • Junta de Freguesia Santa Maria Maior, Funchal – 3 de maio, às 10 horas
  • Universidade Sénior de Odivelas – 4 de maio, às 15 horas
  • Cruz Vermelha Portuguesa: Delegação da Costa do Estoril – 4 de maio, às 14 horas e 30 minutos
  • Universidade Internacional para a Terceira Idade, Lisboa – 9 de maio, às 14 horas
  • Universidade Sénior de Beja – 11 de maio, às 14 horas e 30 minutos
  • Associação para a Universidade da Terceira Idade de Torres Vedras – 21 de maio, às 14 horas
  • Universidade Sénior de Amarante – dia 28 de maio, às 14 horas e 30 minutos
  • Universidade Sénior de Paços de Ferreira – 30 de maio, às 14 horas e 30 minutos

 

A Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular, uma entidade sem fins lucrativos, tem por finalidade o estudo, investigação e promoção de atividades científicas no âmbito dos aspetos médicos, cirúrgicos, tecnológicos e organizacionais da Intervenção Cardiovascular. Para mais informações sobre a campanha “Corações de Amanhã” consulte www.coracoesdeamanha.pt